quarta-feira, 12 de Agosto de 2009

POR QUE TE AMO?


Ju
Por que te amo?
Não me perguntes porque te amo
Por que te amo?
Impossível classificar, definir, explicar
Encontro-me quebrado
cansado
sufocado
meu coração inflado
de amor e desejo
não respira
sossegado
Amo-te com a força
impetuosa do vento batendo
na proa dos veleiros
em uma noite de tempestade
Amo-te com a leveza
dos pés suaves
bailando pelas madrugadas
Amo-te com o calor
das lavras do vulcão
enfurecido
corroendo a natureza
por onde passa
Amo-te assim
loucamente
insistentemente
sem razão
nem motivos
sem estímulo
ou resposta
Amo-te assim
como a força furiosa
dos leões correndo
pelas selvas
Amo-te assim
com a leveza dos lírios
dos campos
despontando dentre
o verde das montanhas
Necessito de ti
como o prisioneiro
aspira pela liberdade
Necessito de ti
como o andarilho
aspira por água
no meio do deserto
Necessito de ti
como o fogo para aquecer
as noites frias de inverno...
Não me perguntes por que
te amo
Te amo porque te amo
te amo porque não posso te amar
Te amo porque não consigo
deixar
de simplesmente te amar....


Sem comentários: